Aguarde. Carregando informações.
CESMAC ONLINE

Para acessar a área do aluno, utilize sua matrícula e senha nos campos abaixo e clique em acessar.

Esqueceu a senha? Clique aqui.

Dia “D” para conscientização do Setembro Amarelo

Debates sobre o assunto foram intensificados durante todo o mês

A Faculdade CESMAC do Agreste realizou no dia de ontem, 25, um dia “D” de conscientização para a campanha Setembro Amarelo. O movimento é uma iniciativa nacional que foi idealizada pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina e da Associação Brasileira de Psiquiatria e desde 2015, vem se inserindo nas diferentes esferas da sociedade em prol da prevenção ao suicídio.
Com o intuito de dar evidência a debates e esclarecimentos sobre o Setembro Amarelo, o Núcleo de Apoio a Extensão da Faculdade CESMAC do Agreste, juntamente com um grupo de acadêmicos voluntários, foi idealizado um mês inteiro de ações de sensibilização através de materiais de divulgação, vestimentas que fazem menção ao amarelo, iluminação da faculdade e bate-papos em sala de aula com a presença de toda comunidade acadêmica. O objetivo é envolver as pessoas na temática que cada vez mais desperta a atenção da sociedade por conta dos altos índices de suicídio.
“O Núcleo de Apoio à Extensão tem como missão principal a inserção contínua nos diversos setores da sociedade e pensando em problematizar o tema suicídio perante a sociedade e principalmente dentro da faculdade, realizamos ações que possam alertar e sensibilizar a todos” disse o Coordenador do NAI, Prof. Manoel Bernardino da Silva Filho. E ressaltou que existem canais de apoio dentro da faculdade que podem receber as pessoas sempre que elas precisarem “assim que identificados, os casos são encaminhados diretamente para o nosso Núcleo Psicopedagógico que é coordenado pelo Prof. Luis Geraldo. Isso é uma demonstração de que essas pessoas nunca estarão sozinhas e quando precisarem de ajuda, elas possam sempre nos procurar” afirmou.
Somando forças na campanha, um grupo de sete alunos, voluntariamente, formou uma comissão do Setembro Amarelo que integrou a coordenação das ações durante o mês. A representante dos discentes e aluna do 3º período do curso de direito, Fhyslauren Albuquerque afirma que “a inserção dessa temática dentro da faculdade é primordial, visto que a maioria dos universitários tem uma vida conturbada e cheia de responsabilidades, seja por conta dos estudos e família, seja por conta do trabalho e vida pessoal, por isso não podemos deixar de mobilizar e sensibilizar as pessoas. O lema que levamos na comissão é que a melhor solução será sempre falar e se abrir com alguém”.
A discente ressaltou que o público alvo da campanha não são apenas as pessoas que estão passando por  algum problema, mas sim aqueles que não sabem lidar quando se deparam com alguém nessa situação “por muitas vezes acontece de pessoas não saberem o que dizer em momentos assim, por isso nossa ideia é formar uma cadeia de conscientização perante o assunto”. O grupo conta ainda com os acadêmicos Bruno Vinícius, João Lucas, Tainá Mendes, Lívia Bezerra, Maykon Oliveira, Walter Bonfim e são orientados pela Profa. Amanda Lima.
“Intensificamos o debate sobre o assunto e estimulamos a conversa entre todos que fazem a faculdade, realizamos ações de sensibilização e entendemos que a discussão deve ser constante. Estaremos de portas abertas para ajudar quem precisar principalmente através do nosso Núcleo Psicopedagógico” afirmou a Diretora da Faculdade CESMAC do Agreste, Priscila Vieira do Nascimento.
A programação do Setembro Amarelo da Faculdade do Agreste será fechada nesta quarta-feira, 26, com um ciclo de palestras que será conduzida por um grupo de psicólogos e professores. Ainda no dia de ontem, tomou posse a coordenação do Centro Acadêmico da Faculdade e é composta por 10 representantes dos discentes que foram eleitos por votação.